• Magictour

Reino Unido retira Brasil da “Lista Vermelha” e libera a entrada de viajantes no país

O Governo do Reino Unido anunciou que retirou o Brasil e mais 46 países e territórios da “Lista Vermelha”. Com isso, a entrada de viajantes provenientes desses locais passa a ser facilitada. A medida passa a valer a partir da meia noite de segunda-feira (horário de Brasília), dia 11 de outubro.


Novas regras para entrada no Reino Unido

Confira abaixo quais são as regras para a entrada no Reino Unido para passageiros vindos de países que não fazem parte da “Lista Vermelha”, como no caso do Brasil a partir do dia 11 de outubro.

Essas regras se aplicam para Inglaterra, País de Gales, Escócia e Irlanda do Norte.


Passageiros vacinados

Antes de chegar:

  • Reserve e pague por um teste COVID-19 – a ser feito após a chegada;

  • Preencha o formulário de localização de passageiros – que deve ser preenchido em até 48 horas antes do desembarque.

Você precisará inserir o número da reserva do teste COVID-19 no formulário de localização de passageiros.


Depois de chegar:

  • Depois de chegar, você deve fazer um teste COVID-19 em até 2 dias do desembarque.

  • Se você ficar no Reino Unido por menos de 2 dias, ainda assim será necessário reservar e pagar por um teste COVID-19, mas você só precisará realizá-lo se ainda estiver estiver por lá no dia 2.

São considerados totalmente vacinados quem completou a pauta de vacinação pelo menos 14 dias antes de chegar ao Reino Unido, sendo que o dia em que se tomou a sua última dose não conta como um dos 14 dias.


Vacinas aprovadas:

  • Oxford / AstraZeneca

  • Pfizer BioNTech

  • Moderna

  • Janssen

Formulações dessas vacinas, como AstraZeneca Covishield, AstraZeneca Vaxzevria e Moderna Takeda, também se qualificam como vacinas aprovadas.

Se você foi imunizado com uma das vacinas não aprovadas, será considerado como “não vacinado” e deverá seguir as regras abaixo.


Passageiros não vacinados

Antes de chegar:

  • Realize um teste de COVID-19 – a ser feito no máximo 3 dias antes da viagem (saiba mais sobre os testes aceitos clicando aqui)

  • Reserve e pague pelos testes COVID-19 do dia 2 e do dia 8 – a serem realizados após a chegada;

  • Preencha o formulário de localização de passageiros – que deve ser preenchido em até 48 horas antes do desembarque.

Depois de chegar:

  • Quarentena em casa ou no lugar onde você for ficar por 10 dias (saiba mais clicando aqui);

  • Fazer o teste COVID-19 no dia 2 ou antes e no dia 8 ou depois;

Se sua viagem for menor que 10 dias, precisará ficar em quarentena pelo tempo que estiver no país. Independente do tempo de viagem, você precisa reservar os testes do dia 2 e do dia 8, mas só precisará realizá-los se ainda estiver por lá nesses dias.

O tempo de quarentena poderá ser encurtado para 5 dias ao pagar por um teste particular de COVID-19 através do programa Test to Release.


A volta dos voos entre Brasil e Inglaterra

Por meio de um comunicado feito hoje, a British Airways anunciou que pretende voltar a voar para São Paulo (GRU) ainda antes do natal. De acordo com nossas pesquisas, voos podem ser reservados a partir do dia 9 de dezembro, com a volta do BA247, que liga o Aeroporto de Londres Heathrow (LHR) ao Aeroporto Internacional de Guarulhos (GRU). No caso da LATAM, o sistema de voos indica a volta do LA8084, que também liga São Paulo à capital da Inglaterra no dia 2 de dezembro.

As datas ainda não foram confirmadas pelas empresas, e podem sofrer alterações.


Fonte: passageiro de primeira

BLOG

MAGICTOUR