• Magictour

Obrigatoriedade de máscaras em meios de transportes nos EUA continuará em vigor até 2022

A obrigatoriedade do uso de máscaras em meios de transportes nos Estados Unidos permanecerá em vigência até o ano que vem. A informação partiu da Transportation Security Administration (TSA), que informou que a medida continuará em vigor até 18 de janeiro de 2022.

O prolongamento se deve, principalmente, devido à variante Delta – que se espalhou pelo país rapidamente. No final de julho, o governo estadunidense havia aconselhado que escolas, bares e demais locais com alta quantidade de pessoas continuassem a solicitar o uso de máscaras para evitar uma nova onda de casos – visto que a variante é altamente contagiosa.

Tori Emerson Barnes, vice-presidente executivo de relações públicas e políticas da US Travel Association, disse que, ao estender a medida das máscaras, acabam apoiando a indústria de viagens, já que as pessoas vão se sentir mais seguras em trens, aeroportos, aviões e demais transportes públicos.

“Estender o uso da máscara para viagens faz sentido para o ambiente de saúde atual e tem total apoio da indústria de viagens. O uso de máscaras em aeroportos e aviões, trens e outros transportes públicos é uma medida eficaz contra a propagação do vírus e aumenta a confiança do público nas viagens – fundamentais para uma recuperação econômica sustentada”.


Máscaras voltam a ser obrigatórias no Walt Disney World

Lembrando que as máscaras voltaram a ser obrigatórias no Walt Disney World, em Orlando. A medida também é uma forma de evitar que a variante Delta se espalhasse pelo país. A máscara é exigida para pessoas totalmente vacinadas, inclusive.


Cenário de viagens nos EUA

Segundo publicado pela CBS, durante o verão, as viagens se aproximaram dos níveis pré-pandêmicos. Entre 30 de julho e 1º de agosto, aproximadamente 6,4 milhões de viajantes transitaram em aeroportos do país, número bem acima dos 2,3 milhões rastreados durante o mesmo período em 2020.

Contudo, uma pesquisa recente mostra que as pessoas estão mais uma vez desconfiadas em viajar, onde 27% dos entrevistados disseram que adiaram uma viagem e mais de 54% disseram que a variante Delta os deixou menos interessados ​​em realizar uma viagem por agora. Os outros 26% dos entrevistados se mostraram confiantes em voar.


Máscaras não foram aceitas por alguns passageiros

Embora o uso de máscara facial tenha se mostrado uma forma eficaz de prevenir a COVID-19, a medida não foi aceita por todos e levou a milhares de casos de indisciplina durante a pandemia.

Em junho, a Administração Federal de Aviação dos Estados Unidos (FAA) disse que aproximadamente 2.350 dos mais de 3.100 relatos de comportamento indisciplinado envolviam passageiros que se recusavam a cumprir a obrigatoriedade do uso de máscaras em voos.

Alguns funcionários da TSA também foram agredidos fisicamente em mais de 69 incidentes entre março de 2020 e junho de 2021, e a agência iniciou mais de 1.700 investigações de conformidade desde que o uso da máscara entrou em vigor.


Fonte: Passageiro de Primeira


BLOG

MAGICTOUR