• Magictour

Estudo Harvard: viagens aéreas apresentam menor risco de COVID-19 do que fazer compras e jantar fora



Um novo estudo realizado por cientistas da Escola de Saúde Pública TH Chan de Harvard, é a pesquisa mais abrangente,  até o momento, sobre a abordagem que as companhias aéreas dos EUA adotaram para proteger clientes e funcionários do COVID-19. O estudo concluiu  que o risco de exposição durante viagens aéreas é muito baixo.

Até o momento, os Centros de Controle e Prevenção de Doenças não confirmaram um único caso de transmissão de COVID-19 em um avião dos Estados Unidos.



“O risco de transmissão COVID-19 a bordo de aeronaves é inferior ao de outras atividades de rotina durante a pandemia, como fazer compras ou comer fora”, concluíram os pesquisadores de Harvard. “Implementar essas estratégias de mitigação de risco em camadas … requer conformidade do passageiro e da companhia aérea mas, ajudará a garantir que as viagens aéreas sejam tão seguras ou substancialmente mais seguras do que as atividades de rotina que as pessoas realizam durante esses tempos.” ressaltam.


O relatório conclui que o uso de máscaras faciais, protocolos de limpeza diligentes e sistemas avançados de ventilação e filtragem oferecem proteção significativa contra COVID-19, reduzindo o risco de transmissão em uma aeronave a níveis mínimos. 


O uso de máscaras pelos passageiros e tripulantes é essencial

O estudo determinou que o uso de máscaras faciais era “a parte mais essencial de um conjunto abrangente de medidas para reduzir COVID-19 durante viagens aéreas.”


A limpeza profunda das superfícies de alto contato da aeronave desinfeta e remove a contaminação

As descobertas do relatório também apoiam as extensas práticas de limpeza, incluindo o compromisso com a pulverização eletrostática de superfícies de alto toque usando desinfetante de alto grau entre voos diariamente.


Os sistemas de ventilação em aeronaves de passageiros são altamente eficazes para refrescar e filtrar o ar

A equipe de pesquisa de Harvard observou os “sistemas de ventilação altamente eficazes” nas aeronaves, que mitigam a exposição a doenças por meio da filtragem e troca rápida e contínua do ar da cabine.


A mitigação de risco em camadas irá garantir que as viagens aéreas permaneçam tão seguras ou mais protegidas do que outras atividades de rotina

O estudo concluiu que é necessária uma “combinação de medidas de controle de infecção em camadas” para reduzir o risco de transmissão de COVID-19.


Fonte: Jornal Turismo e Eventos

BLOG

MAGICTOUR

Magictour

Rua Teopompo Vasconcelos, 397

Vila Ady-Anna - São José dos Campos - SP

Como chegar

comercial@magictour.com.br

Tel: 12 2136-7600

waze (2).png
google (1).png