• Magictour

Covid-19: Emirates

Atualização (05/08/2020)


Emirates não tem mais data prevista para retorno dos voos para o Rio de Janeiro.

Ainda segundo comunicado, a cia árabe diz que espera reiniciar as operações para o Galeão quando for comercial e operacionalmente viável.

Por enquanto ainda não há nenhum desenvolvimento nesse sentido e caso aconteça, eles farão um anúncio formal. A empresa concluiu que continua comprometida em atender os clientes no Brasil por meio da base em São Paulo.

Vale lembrar que no último dia 02, a EK voltou a operar para GRU com o B777-300ER.


Fonte: Passageiro de Primeira


---

Última notícia 03/08/2020


A Emirates está voando novamente para o Brasil. No final da tarde de ontem, 2 de agosto, um voo regular de passageiros no Boeing 777-300ER da Emirates pousou no Aeroporto Internacional de Guarulhos (GRU) pela 1ª vez desde março.

A retomada dos voos entre Dubai e São Paulo anunciada há algumas semanas é comemorada por Stephane Perard, diretor geral da Emirates no Brasil: “É com muita alegria que retomamos as operações de passageiros aqui no Brasil. Isso prova o compromisso da Emirates com a região e a rápida capacidade da companhia aérea de reconectar o mundo por meio de seu hub em Dubai. Tudo isso, mantendo padrões líderes do setor, e garantindo a saúde e a segurança de seus clientes e funcionários”.


Dubai está aberta: os brasileiros que viajam para Dubai podem aproveitar o visto gratuito na chegada e aproveitar tudo o que a cidade tem a oferecer. Dubai reabriu para visitantes de negócios e lazer com novos protocolos de viagens aéreas que salvaguardam a saúde e a segurança dos visitantes e comunidades. Para mais informações sobre os requisitos de entrada para visitantes internacionais em Dubai, visite este link.


Rede de destinos: os brasileiros também podem voar na Emirates para destinos muito desejados, incluindo as Maldivas. Atualmente, a Emirates atende a mais de 60 destinos em sua rede, facilitando viagens entre as Américas, Europa, África, Oriente Médio e Ásia-Pacífico através de uma conexão conveniente em Dubai para clientes em todo o mundo.


Saúde e segurança: os clientes do Brasil podem ter certeza de que farão uma viagem segura e confortável com a Emirates. A companhia aérea implementou um conjunto abrangente de medidas em todas as etapas da jornada do cliente para garantir a segurança de seus clientes e funcionários no solo e no ar, incluindo a distribuição de kits de higiene gratuitos com máscaras, luvas, desinfetantes para as mãos e toalhetes antibacterianos para todos os passageiros. Para mais informações sobre essas medidas e os serviços disponíveis em cada voo, visite este link.


Assistência COVID-19: A Emirates também se tornou a primeira companhia aérea do mundo a oferecer aos passageiros uma cobertura de até 150.000 euros em despesas médicas e custos de quarentena de 100 euros por dia durante 14 dias, caso sejam diagnosticados com o COVID-19 durante suas viagens, enquanto estão longe de casa. Essa assistência é oferecida pela companhia aérea gratuitamente aos seus clientes. Mais detalhes estão disponíveis aqui.


Serviços premium: os clientes premium podem usufruir do serviço Chauffeur Drive da Emirates e relaxar no Lounge no Aeroporto Internacional de Dubai, com a retomada desses serviços exclusivos após uma revisão completa de saúde e segurança. A Emirates também reabriu seus balcões dedicados ao Emirates Skywards no Aeroporto Internacional de Dubai para atender seus passageiros frequentes.


Flexibilidade e garantia: com a reabertura gradual das fronteiras durante o verão no Hemisfério Norte, a Emirates revisou suas políticas de reservas para oferecer aos clientes mais flexibilidade e confiança para planejar suas viagens. Os clientes cujos planos de viagem foram interrompidos pelas restrições de voo ou de viagem relacionadas ao COVID-19, podem simplesmente manter seu bilhete, válido por 24 meses, e remarcar para um novo momento; solicitar vouchers de viagem para compensar futuras compras na Emirates ou solicitar reembolsos por meio de um formulário on-line no site da Emirates ou por seu agente de viagens.


Restrições de viagem: os clientes são lembrados de que as restrições de viagem permanecem em vigor e os viajantes só serão aceitos em voos se cumprirem os requisitos de elegibilidade e critérios de entrada de seus países de destino.


Conexões de carga no Brasil: enquanto os voos de passageiros foram suspensos, a Emirates SkyCargo, divisão de cargueiros da Emirates, serviu o país durante a pandemia. O Aeroporto Internacional de Guarulhos recebe voos regulares desde maio, transportando suprimentos médicos essenciais e conectando exportadores brasileiros a clientes em todo o mundo. Voos de carga programados também foram iniciados no Aeroporto Internacional de Viracopos. A adição de frequências de voo de carga atende à demanda de importação e exportação na região.


Fonte: Passageiro de Primeira


---



Ultima notícia 23/07/2020


Emirates cobrirá tratamento de clientes com covid-19


A Emirates cobrirá a despesa de clientes que forem diagnosticados com Covid-19 durante sua viagem, enquanto estiverem longe de casa. A companhia promete cobertura de despesas médicas de até 150 mil euros e custos de quarentena de 100 euros por dia durante 14 dias para estes passageiros. A adesão ao seguro é gratuita.

"Seguindo a orientação de Sua Alteza Sheikh Mohammed, vice-presidente dos Emirados Árabes Unidos e primeiro-ministro e governante de Dubai, a Emirates tem o orgulho de ser a pioneira e aumentar a confiança nas viagens internacionais. Sabemos que as pessoas estão ansiosas para voar com a reabertura gradual das fronteiras em todo o mundo, mas também buscam flexibilidade e garantia caso algum imprevisto aconteça durante a viagem", afirma o presidente e CEO do Grupo Emirates, Sheikh Ahmed bin Saeed Al Maktoum.

MAIS DETALHES

Essa cobertura de despesas médicas e de quarentena relacionadas à Covid-19 é oferecida pela Emirates gratuitamente a seus clientes, independente da classe de viagem ou do destino. A assistência é válida para clientes que voam pela Emirates até 31 de outubro de 2020 (o primeiro voo deve ser realizado antes ou em 31 de outubro de 2020); além disso, é válida por 31 dias a partir do momento em que o cliente pegar o primeiro voo de sua viagem. Isso significa que os clientes da Emirates podem continuar se beneficiando da garantia adicional dessa assistência, mesmo se viajarem para outra cidade depois de chegar ao destino da Emirates.

Os clientes não precisam se cadastrar ou preencher formulário antes de viajar, e não são obrigados a usar essa assistência fornecida pela Emirates.

Qualquer cliente afetado que for diagnosticado com Covid-19 durante a viagem só terá que entrar em contato com a Emirates usando uma linha direta dedicada para obter assistência.

O número da linha direta e os detalhes de quais despesas relacionadas à COVID-19 são cobertas estão disponíveis em www.emirates.com/COVID19assistance.

Fonte: Panrotas


---

Notícia anterior (15/04/2020)


A Emirates atualizou hoje o seu sistema de reservas e de acordo com as informações só voltará a voar para o Brasil em Junho.

A cia árabe pretende retomar suas operações para nosso país da seguinte forma:

  • Dubai – São Paulo – retomada a partir do dia 22/06 – frequência diária operada pelo A380;

  • Dubai – Rio de Janeiro Galeao – retomada a partir de 02/08. Até 31/08 – 4x por semana, depois segue diário;

  • Dubai – Rio de Janeiro Galeao – Buenos Aires Ezeiza – retomada a partir do dia 02/08 – 4x por semana com o B777-300ER;

  • Dubai – Rio de Janeiro Galeao – Santiago do Chile – retomada a partir do dia 01/09 – 3x por semana com o B777-300ER;


Caso você tenha algum voo alterado/cancelado deverá entrar com contato com o emissor do seu bilhete para providências. Lembrando que a Emirates fechou suas lojas no Rio e São Paulo mas a central de reserva continua ativa.


Fonte: Passageiro de primeira


---


Notícia anterior


Com o aumento de serviços e voos para fora de Dubai, a Emirates reiniciou sua operação no Terminal 3 do Aeroporto Internacional de Dubai. A companhia planeja operar voos de passageiros para Jacarta, Manila, Taipei, Chicago, Túnis, Argel e Cabul, além dos atuais voos para Londres e Frankfurt. Esses voos pretendem facilitar a volta para casa de residentes e visitantes.


Reservas e check-in

Os passageiros podem fazer a reserva com um agente de viagens. Somente cidadãos do país de destino e aqueles que atenderem aos requisitos de entrada poderão embarcar. Os passageiros devem atender aos requisitos de cada país e seguir todas as medidas de saúde e segurança exigidas pelas autoridades dos Emirados Árabes Unidos e do país de destino.

Durante esse período, o check-in e a seleção de assentos não poderão ser feitos online e serviços como chauffeur-drive e lounge não estarão disponíveis nos destinos.


Durante os voos

Nesses voos, os serviços da Emirates também sofrerão mudanças. Revistas e outros materiais de leitura impressos não estarão disponíveis e alimentos e bebidas continuam oferecidos a bordo, mas a embalagem e a apresentação serão modificadas para reduzir o contato e o risco de infecção durante o serviço de refeições.

Não serão aceitas bagagens de mão nesses voos. A bagagem de mão permitida na cabine será limitada a notebook, bolsa, maleta de mão ou itens de bebê. Todos os outros itens precisam ser despachados e a Emirates adicionará a tarifa de bagagem de mão à franquia de bagagem do cliente.

Os passageiros devem respeitar as regras de distanciamento social durante o voo e usar suas próprias máscaras no aeroporto e a bordo da aeronave. Os viajantes devem chegar ao Terminal 3 do Aeroporto Internacional de Dubai três horas antes do embarque para fazer o check-in. Os balcões de check-in da Emirates só permitirão os passageiros com reservas confirmadas para os destinos acima.

Todas as aeronaves da Emirates passarão por processos adicionais de limpeza e desinfecção em Dubai após cada voo.


Fonte: Passageiro de Primeira

-----


Notícia anterior


A Emirates anunciou que, a partir do dia 25 de março, manterá apenas operações reduzidas de passageiros para os seguintes destinos, enquanto houver demanda e as fronteiras estiverem abertas: Reino Unido, Suíça, Hong Kong, Tailândia, Malásia, Filipinas, Japão, Cingapura, Coreia do Sul, Austrália, África do Sul, Estados Unidos e Canadá. Voos de carga foram mantidos, com sua frota de 777.

A maioria dos funcionários também sofreu redução salarial entre 25% e 50% por três meses, para evitar demissões. Os presidentes da Emirates (Tim Clark) e Dnata (Gary Chapman) terão corte de 100% dos salários nos próximos três meses. A empresa se diz confiante na recuperação e disse ter liquidez para, com as medidas adotadas, passar por essa crise mundial e sem precedentes.


Fonte: Panrotas

BLOG

MAGICTOUR

Magictour

Rua Teopompo Vasconcelos, 397

Vila Ady-Anna - São José dos Campos - SP

Como chegar

comercial@magictour.com.br

Tel: 12 2136-7600

waze (2).png
google (1).png