• Magictour

Confira a lista de países que suspenderam voos para o Brasil

Governos e companhias aéreas de diversos países estão anunciando a suspensão de voos de e para o Brasil. As decisões vem como medida preventiva de uma nova variante da COVID-19 encontrada em Manaus. Confira abaixo a lista dos atuais países e/ou companhias aéreas que suspenderam voos.

Suspensão de voos para o Brasil

Última atualização: 29/01/2021


Alemanha Companhias que podem ser impactadas: LATAM e Lufthansa

  • A Alemanha vai proibir, a partir de sábado (30) a entrada em seu território por terra, mar e ar de pessoas de cinco países fortemente afetados pelas várias variantes do COVID-19, como a África do Sul, o Brasil, a Irlanda, o Reino Unido e Portugal, disse o governo alemão nesta sexta-feira (29). A decisão é válida até o dia 17 de fevereiro e tem como intuito “proteger a população alemã“;

  • No entanto, existem algumas exceções para a entrada no país, como por exemplo: voos de carga e repatriação, ou então passageiros em trânsito e que tenham residência na Alemanha;

  • O Lufthansa Group informou que no momento planeja manter seus voos diários entre o Aeroporto Internacional de Guarulhos e o Aeroporto de Frankfurt a fim de continuar conectando os dois países e, assim, possibilitar que passageiros que ainda estejam autorizados a viajar possam fazê-lo com segurança e conveniência.

Emirados Árabes Unidos Companhias que podem ser impactadas: Emirates

  • A Emirates é a próxima empresa aérea a suspender os voos para o Brasil. A companhia árabe vai cancelar por um período curto a frequência entre São Paulo e Dubai. Como informamos neste post, a suspensão irá durar 10 dias, e acontecerá entre os dias 01 e 10 de fevereiro – nada impede, contudo, que a suspensão seja prorrogada.

Colômbia Companhias que podem ser impactadas: Avianca e LATAM

  • O presidente colombiano, Iván Duque, proibiu os voos entre o país e o Brasil, devido à uma variante de COVID-19 encontrada em quatro turistas japoneses que visitaram o Brasil. A suspensão passa a valer a partir de amanhã (29). A restrição proíbe voos comerciais de passageiros entre os países, mas não impede que voos essenciais (como os de carga e os de repatriação) sejam operados.

Holanda Companhias que podem ser impactadas: KLM

  • Desde 23 de janeiro, o governo holandês colocou em prática uma proibição de viagens de passageiros de alguns países considerados de risco por causa do COVID-19. O Brasil está incluído nessa lista e os voos de São Paulo e Rio de Janeiro para Amsterdã não transportam passageiros até que a proibição de viagens termine ou novas regras sejam impostas pelas autoridades holandesas;

  • Os voos de Amsterdã para São Paulo e Rio de Janeiro continuarão operando com passageiros. As operações de carga são mantidas em ambas direções.

Peru Companhias que podem ser impactadas: Avianca, GOL e LATAM

  • O presidente interino do Peru, Francisco Sagasti, anunciou na terça-feira (26) a proibição da entrada de voos vindos do Brasil no país. Além disso, o governo também determinou o início de uma nova quarentena para Lima e um terço do país até 14 de fevereiro, com o objetivo de conter o aumento de casos de COVID-19.

Portugal Companhias que podem ser impactadas: Azul, TAP e LATAM

  • O governo português proibiu os voos entre o país e o Brasil, devido à variante de COVID-19 encontrada aqui. A suspensão passa a valer a partir desta sexta-feira (29) e se estenderá até o dia 14 de fevereiro, podendo ou não sofrer ajustes.

Reino Unido Companhias que podem ser impactadas: British Airways e LATAM

  • O ministro britânico dos transportes, Grant Shapps, decidiu que vai proibir viajantes oriundos do Brasil e de outros 14 países de entrar no Reino Unido. A decisão passa a valer a partir desta sexta-feira (15) e busca impedir a entrada de uma nova variante do coronavírus;

  • A medida, no entanto, não vale para cidadãos britânicos que queiram voltar para a casa ou para estrangeiros com permissão de residência no Reino Unido. Mesmo assim, que todos os viajantes que passarem por esses países deverão fazer um isolamento obrigatório de dez dias.

Turquia Companhias que podem ser impactadas: Turkish Airlines

  • Na semana passada, o ministro da Saúde da Turquia, Fahrettin Koca, anunciou a suspensão temporária de voos de e para o Brasil. Com a decisão, o Brasil se soma a Inglaterra, Dinamarca e África do Sul na lista de países com restrições de viagens, também por causa das novas variantes do causador da COVID-19.


Nova variante da COVID-19


Todos os vírus, inclusive o causador da COVID-19, sofrem mutação. Essas mudanças genéticas acontecem à medida que o vírus faz novas cópias de si mesmo para se espalhar. No Brasil, essa variante foi encontrada em quatro turistas japoneses que visitaram a região do Amazonas. Segundo especialistas, as variantes identificadas em Reino Unido, África do Sul e Brasil têm em comum uma mutação denominada N501Y, o que explica sua maior transmissibilidade.


Embora a nova variante do Reino Unido não deva prejudicar a eficácia das vacinas atuais, há uma chance de que as da variante sul-africana possam afetar em parte, dizem os cientistas. Em reportagem da BBC Brasil, o professor Francois Balloux, da University College London (UCL) disse: “A mutação E484K demonstrou reduzir o reconhecimento de anticorpos. Desta forma, ajuda o vírus SARS-CoV-2 a contornar a proteção imunológica fornecida por infecção ou vacinação anterior”.


Segundo a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) na Amazônia, as amostras detectadas podem ter evoluído de uma linhagem viral que circula na região desde abril do ano passado. As sequências genéticas vistas nas amostras têm um número incomum de alterações, além daquelas na proteína S – que forma a coroa do vírus –, que se assemelham ao padrão observado em linhagens do Reino Unido e da África do Sul.


Essa lista será atualizada conforme companhias aéreas interrompam – ou retomem – operações para o Brasil.



Fonte: Passageiro de Primeira

BLOG

MAGICTOUR

Magictour

Rua Teopompo Vasconcelos, 397

Vila Ady-Anna - São José dos Campos - SP

Como chegar

comercial@magictour.com.br

Tel: 12 2136-7600

waze (2).png
google (1).png