• Magictour

Canadá reabre para brasileiros; saiba procedimentos de entrada


O Canadá reabriu suas fronteiras no dia 9 de agosto para turistas americanos por via aérea e amanhã, 7 de setembro, reabre para o restante do mundo.

Para entrar no Canadá os visitantes estrangeiros terão de apresentar:


1 – Certificado de vacinação (o processo terá de estar 100% concluído), com as vacinas aceitas no país: AstraZeneca (incluindo a Covishield, fabricada no Brasil), Janssen, Pfizer e Moderna. A Coronavac por enquanto não é aceita.

2 – Apresentar teste negativo PCR ou molecular para covid-19, feito até 72 horas antes do embarque.

3 – Visto para o Canadá, que hoje pode ser tirado on-line. O Electronic Travel Authorization, ETA, é liberado em cinco minutos para quem tem visto americano ou teve um visto canadense emitido nos últimos dez anos.

4 – Baixar o app ArriveCan, responder as perguntas de entrada, e aguardar a aprovação.


Neste link do governo canadense, o viajante vai respondendo às perguntas e ao final o programa diz se o passageiro está apto ou não a entrar no Canadá.


BRASIL EM ALTA

Segundo o vice-presidente internacional de Vendas da Air Canada, o brasileiro Virgílio Russi, recém-promovido na companhia, pelos números de setembro e outubro, e até os de 2022, o Brasil deve ser um dos motores da retomada na América Latina. Os voos de setembro e outubro estão lotados, especialmente por estudantes e passageiros com o propósito de visitar amigos e parentes (VFR).


O lazer no Brasil deve começar a voltar com a temporada de esqui 2021/22, e a Air Canada retomada o voo diário para Toronto e as três frequências semanais para Montreal exatamente em dezembro, a tempo de pegar a abertura do novo resort de neve do Club Med. Ele aposta também na vinda de canadenses e brasileiros que moram no Canadá para o Brasil.


O fluxo normal de lazer e o corporativo devem voltar ao longo de 2022. A previsão para um retorno completo da demanda de longo curso é 2024. Até lá, menos voos, algumas restrições e mercados sendo priorizados.


Para os Estados Unidos a Air Canada já voa para mais de 40 destinos (no pré-pandemia eram mais de 50), superando a fase crítica em que chegou a 15 serviços apenas. Os voos para o Caribe também estão bem fortes, com 100 voos por semana e vendas 20% acima de 2019.


“O Canadá está muito bem posicionado em termos de produtos no pós-pandemia, com muitas opções de natureza, de destinos e atrações ao ar livre”, disse ele em entrevista ao Portal PANROTAS. Na América Latina, a Air Canada voa também para o México e a Colômbia, e deve retomar o voo de Toronto para Buenos Aires e Santiago (triangular) em dezembro.


Fonte: Panrotas

BLOG

MAGICTOUR