• Magictour

Aeroporto de Guarulhos vai retomar operações internacionais no Terminal 2

A GRU Airport, concessionária que administra o Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos, anunciou que o vai retomar as operações internacionais no Terminal 2 a partir do dia 05 de janeiro.


“O retorno das operações internacionais no Terminal 2 vai melhorar a distribuição das companhias aéreas, aumentar a eficiência da nossa operação e trará mais conforto e comodidade a todos os usuários do aeroporto”, afirma o presidente da GRU Airport, Gustavo Figueiredo.

Operações internacionais no Terminal 2 de GRU

Por conta da pandemia, os procedimentos internacionais estavam consolidados no Terminal 3 desde abril de 2020. Com a reabertura do Terminal 2, a expectativa é de que cerca de 5 mil passageiros de voos internacionais circulem diariamente pelo local, além dos passageiros domésticos das empresas nacionais.

Veja abaixo quais companhias vão operar no T2:

  • Aerolíneas Argentinas;

  • Air Europa;

  • Aeroméxico;

  • Amaszonas;

  • Avianca;

  • Boliviana de Aviación;

  • GOL;

  • Sky;

  • TAAG.

Mesmo com o retorno das operações internacionais, o terminal seguirá também com os embarques e desembarques de voos domésticos. Atualmente, as companhias que ali operam são GOL, Itapemirim, LATAM e VOEPASS.


Aumento da demanda de voos internacionais

Atualmente, o aeroporto conta com 28 empresas nacionais e internacionais operando regularmente para 29 destinos internacionais, representando uma retomada de 58% quando comparado com os 50 destinos frequentemente operados antes da pandemia.

Os voos internacionais regulares conectam São Paulo às cidades de: Addis Ababa, Amsterdã, Assunção, Atlanta, Bogotá, Buenos Aires, Chicago, Cidade do México, Cancun, Assunção, Cidade do Panamá, Dallas, Doha, Dubai, Frankfurt, Houston, Istambul, Londres, Lisboa, Madrid, Miami, Montevidéu, Newark, Nova York, Paris, Porto, Santa Cruz de La Sierra, Santiago, Zurique e Toronto.

De acordo com a concessionária, está prevista a retomada de outras rotas internacionais, bem como a ampliação das frequências em operação.


Fonte: Passageiro de Primeira

BLOG

MAGICTOUR