• Magictour

Covid-19: Lufthansa Group

Atualização (26/08/2020)


Teste RT-PCR obrigatório (e gratuito!) para passageiros com destino à Alemanha


No combate à propagação do coronavírus, o governo alemão tornou obrigatório que passageiros recém-chegados de países considerados com “alto risco de infecção” pelo Robert Koch Institute (RKI) – órgão responsável pelo controle e prevenção de doenças infecciosas na Alemanha - realizem o teste RT-PCR para coronavírus. Desde 15 de junho de 2020, o Brasil consta como um dos países dessa numerosa lista, por isso, observe o seguinte:

  • O teste é gratuito e deve ser realizado dentro de 72 horas após a entrada no país.

  • O teste não é obrigatório para passageiros provenientes de países considerados com baixo risco de infecção.

  • Os testes podem ser realizados em centros médicos instalados em diversos aeroportos e estações ferroviárias. Para mais informações, acesse o site do aeroporto de destino do seu passageiro.

  • No aeroporto de Frankfurt, o teste poderá ser realizado entre o Terminal 1 e a estação de trem. Para mais informações, clique aqui. (EN)

  • O teste RT-PCR para COVID 19 não se sobrepõe às regras de entrada/ trânsito na Alemanha, que continuam vigentes. Para mais detalhes, clique aqui.

  • No momento, os exames RT-PCR para COVID-19 realizados no Brasil não são reconhecidos pelo Robert Koch Institute e, portanto, não substituem os testes realizados na Alemanha.

  • Na maioria dos casos, a quarentena deve ser realizada até que o resultado do teste seja confirmado como negativo. Em outros casos, o isolamento é necessário independentemente do resultado do teste. Para mais informações entre em contato com o Consulado da Alemanha.

Mais informações, clique aqui (EN)


Novo formulário a bordo da Lufthansa Adicionalmente, passageiros recém-chegados de países considerados com “alto risco de infecção” receberão um novo formulário a bordo que deverá ser preenchido com dados pessoais, informações relacionadas ao voo e a estadia do passageiro, bem como a observação de sintomas relacionados à COVID-19. Após preenchido, o formulário deverá ser entregue à imigração em Frankfurt. Fonte: Lufthansa Group


---


Notícia anterior em 30/04/2020


As companhias aéreas do Lufthansa Group aplicam medida obrigatória de utilização de máscaras de proteção contra o coronavírus A saúde e o bem-estar de nossos passageiros e de nossa tripulação são prioridades para o Lufthansa Group. Durante a crise mundial do coronavírus, diversas medidas para proteger todos a bordo de nossas aeronaves foram adotadas e implementadas rapidamente. Pensando nisso, as companhias aéreas do Lufthansa Group solicitam aos seus passageiros que usem máscara ou proteção facial ao realizarem suas viagens – no aeroporto e a bordo. Toda a tripulação de bordo que tem contato direto com o passageiro também estará usando a proteção adequada. Assim, juntos garantimos um voo ainda mais seguro para todos, mesmo durante a pandemia do coronavírus. Os aeroportos que mantêm, de forma confiável, o distanciamento social (1.5 metro) estão isentos dessa medida. O Lufthansa Group segue as regulamentações oficiais de diversos países onde a utilização da máscara ou proteção facial é obrigatória em locais públicos. Os passageiros devem trazer suas próprias máscaras e, por uma questão de sustentabilidade, recomendamos a utilização de máscaras reutilizáveis. Apesar da recomendação, todos os tipos de proteção para a boca e o nariz são aceitos, seus passageiros podem simplesmente cobrir o rosto com lenços, ou até mesmo máscaras descartáveis. A partir de agora, o uso de máscaras de proteção é obrigatório até 31 de Agosto de 2020. A recente medida das companhias aéreas do Lufthansa Group de manter o assento ao lado livre, nas classes Economy e Premium Economy será descontinuado, uma vez que cobrir a boca e o nariz com uma proteção adequada proporciona a segurança necessária para sua saúde. Apesar da descontinuação, os assentos serão designados com o maior distanciamento possível entre os passageiros. A princípio, os riscos de infecção a bordo permanecem improváveis, ainda não foi reportado nenhum caso concreto de transmissão a bordo de nossos voos. Todas as aeronaves do Lufthansa Group são equipadas com filtros de última geração, garantindo que o ar da cabine seja similar ao de uma sala de cirurgia. Agradecemos a sua colaboração e apoio.


Fonte: Lufthansa Group


----


Notícias Anteriores


O Lufthansa Group confirma a manutenção de seus voos de repatriamento para as próximas semanas, dentre os quais está a rota São Paulo - Frankfurt. Esta programação de voos, anteriormente confirmada para até 19 de abril de 2020, foi agora estendida até pelo menos 03 de maio de 2020 (definições para voos depois desta data serão anunciadas em tempo oportuno). São Paulo, principal destino do Lufthansa Group na América do Sul, continuará sendo servida com três frequências semanais (as partidas de São Paulo acontecerão às segundas-feiras, quintas-feiras e sábados) com destino à Frankfurt. A extensão da programação atual de voos significa também que rotas que já haviam sido suspensas até 19 de abril de 2020 permanecerão interrompidas até pelo menos o dia 03 de maio de 2020. No caso do Brasil, esta suspensão temporária se aplica às rotas GRU-MUC, GRU-ZRH e GIG-FRA. No caso da rota GIG-ZRH, operada pela Edelweiss, os voos continuam suspensos até julho de 2020 como informado anteriormente. Os cancelamentos mencionados acima começarão a refletir nos sistemas de reservas a partir de hoje e as reservas impactadas serão exibidas em sua fila no GDS. Passageiros afetados que tenham inserido seus contatos na reserva ou em seu perfil Miles & More serão proativamente comunicados. Lembramos que devido ao dinamismo e incerteza do cenário atual, a programação de voos está sujeita a alterações. Tarifas one-way para voos de repatriamento Sendo o nosso maior objetivo no momento auxiliar a repatriar o máximo possível de pessoas de volta aos seus lares, também trabalhamos o nível de nossas tarifas one-way para diversos destinos na Europa, Oriente Médio e Ásia. Para viagens até 31 de maio de 2020, bilhetes one-way partindo de São Paulo ou do Rio de Janeiro saem por a partir de USD 889+taxas na Economy Class (base tarifária: QRCPOWBR) e a partir de USD 1.239+taxas na Premium Economy Class (base tarifária: ERCPOWBR). As vendas vão até 21 de abril de 2020. Para conferir todas as origens, destinos e regras tarifárias, consulte por favor o seu GDS. Atualizações sobre remarcação de bilhetes Reiteramos que passageiros que desejem remarcar suas viagens, mas ainda não ainda tenham condições de se comprometer com uma nova data/destino de viagem, poderão remarcar seus bilhetes até 31 de agosto de 2020 sem a cobrança de taxa de remarcação. Isso permitirá que seus clientes tenham ainda mais tranquilidade para adaptar seus planos de viagem nessa situação excepcional. Adicionalmente, para bilhetes remarcados para nova data até/em 31DEC20 (início da viagem), oferecemos um desconto de USD 50 aplicável a uma eventual diferença tarifária. Além disso, o Lufthansa Group pretende oferecer um bônus de USD 10 a cada bilhete reemitido pelas agências de viagem de forma autônoma. Mais informações serão fornecidas em breve. Por fim, informamos para seu conhecimento que o Lufthansa Group está atualmente desenvolvendo uma função automatizada de resgate* através de seus websites (lufthansa.com, swiss.com e austrian.com). Com esta funcionalidade, passageiros poderão em um primeiro momento solicitar um “FlightVoucher” no valor de USD 50 diretamente através de nossos websites, e posteriormente resgatá-los quando da emissão de seu novo bilhete online. Independentemente disso, reiteramos que você, agente de viagens, pode continuar remarcando e reemitindo os bilhetes de seus clientes normalmente através de seu sistema de reservas, sempre obedecendo a nossa Política de Waiver. O cliente deve optar por resgatar seu FlightVoucher no valor de USD 50 através de nossos sites OU por reemitir seu bilhete com desconto de mesmo valor através de sua agência de viagens, já que o benefício não é cumulativo. Mais informações sobre esta funcionalidade também serão fornecidas em breve Voos especiais em cooperação com governos e empresas de turismo Além de voos regulares, as companhias aéreas do Lufthansa Group continuam operando voos especiais ao redor do mundo em cooperação com os governos de seus respetivos países e empresas de turismo. Com os mais de 300 voos adicionais partindo de 64 aeroportos nos 5 continentes, Lufthansa, Eurowings, SWISS, Austrian Airlines, Brussels Airlines e Edelweiss já levaram até o momento cerca de 58.000 pessoas de volta aos seus lares. Outros voos adicionais ainda estão sendo planejados para as próximas semanas. Nestes tempos difíceis, estamos nos esforçando para fornecer informações úteis regularmente. No site irreg.lufthansaexperts.com (disponível em inglês), você pode encontrar a qualquer momento as informações mais atualizadas sobre os últimos acontecimentos e publicações. Esta crise representa para todos nós um grande desafio, o qual só podemos vencer juntos.


Fonte: Lufthansa Group


---


Notícia anterior


Em resposta à notícia veiculada ontem por alguns meios de comunicação em relação à paralisação das operações das companhias aéreas do Lufthansa Group, gostaríamos de reiterar a atual programação de voos vigente no momento*.

Tendo em vista o atual cenário mundial, nosso principal foco no momento é atender às necessidades de cidadãos europeus que desejem voltar para seus países de origem e trazer o maior número de pessoas possível de volta às suas casas. São Paulo é uma das sete cidades no mundo que manterá voos intercontinentais operados pela Lufthansa São Paulo, principal destino do Lufthansa Group na América do Sul, será uma das sete cidades no mundo que continuará sendo servida por voos de repatriamento operados pela Lufthansa. No período entre 30 de março e 19 de abril de 2020, serão três frequências semanais (as partidas de São Paulo acontecerão às segundas-feiras, quintas-feiras e sábados) com destino a Frankfurt. Entre o hoje e o dia 29 de março de 2020, a Lufthansa confirma sua operação regular de voos diários entre São Paulo e Frankfurt. Ainda assim, pedimos que passageiros sempre consultem o estado atualizado de seus voos antes de se dirigirem ao aeroporto através do Lufthansa.com, SWISS.com ou através do aplicativo em seu dispositivo móvel. Além de São Paulo, a Lufthansa servirá os seguintes destinos intercontinentais em uma frequência de três vezes por semana, todos eles partindo de Frankfurt: Newark e Chicago (ambos nos EUA), Montreal (Canadá), Bangkok (Tailândia), Tóquio (Japão) e Joanesburgo (África do Sul). No que concerne aos voos dentro da Europa, a Lufthansa manterá cerca de 40 voos diários partindo de seus hubs em Frankfurt e Munique. Já a Swiss International Air Lines irá oferecer voos de repatriamento entre Newark (EUA) e Zurique (Suíça) três vezes por semana, além de uma rede reduzida de voos dentro da Europa. Voos especiais para governos e empresas de turismo Visando trazer o maior número possível de pessoas de volta às suas casas rapidamente, as companhias aéreas do Lufthansa Group estão atualmente operando voos especiais ao redor do mundo em cooperação com os governos de seus respectivos países de origem e empresas de turismo. Com os mais de 130 voos adicionais, operados até o momento pela Lufthansa, Eurowings, SWISS, Austrian Airlines, Brussels Airlines e Edelweiss, cerca de 25.000 pessoas foram levadas de volta aos seus lares até agora. Aproximadamente 100 voos adicionais ainda estão sendo planejados para as próximas semanas.


Fonte: Lufthansa Swiss

BLOG

MAGICTOUR

Magictour

Rua Teopompo Vasconcelos, 397

Vila Ady-Anna - São José dos Campos - SP

Como chegar

comercial@magictour.com.br

Tel: 12 2136-7600

waze (2).png
google (1).png